PF prende 6 por venda de animais silvestres na Bahia

Agentes da Delegacia do Meio Ambiente e Patrimônio Histórico da Polícia Federal prenderam nesta sexta-feira na cidade de Feira de Santana (108 km de Salvador) seis comerciantes que estavam vendendo animais silvestres na central de abastecimento local.Nas gaiolas foram encontrados 59 pássaros de nove espécies, além de dois exemplares de jabuti.Na quinta-feira, uma operação da Polícia Rodoviária Federal em vários municípios do interior baiano, resultou na prisão de outros 15 traficantes de animais e a apreensão de mais de 700 pássaros, a maioria encontrada num caminhão-baú a serviço da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT).A PF tinha informações que pelo menos 30 pessoas costumavam vender animais silvestres, especialmente pássaros, na central de abastecimento de Feira de Santana.Uma equipe de 20 agentes entrou na feira no início da manhã e flagrou as seis pessoas praticando o comércio ilegal de animais silvestres, crime previsto punido com detenção de até 1 ano e multa (Lei 9.605/1998).Depois de encaminhados a uma delegacia de Feira de Santana e indiciados em inquérito os presos foram liberados. O pássaros passarão por um período de recuperação e depois libertados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.