Planetário do Rio de Janeiro ganha novos telescópios

O Planetário do Rio, o mais moderno do Brasil, ganhou quatro telescópios novos que vão possibilitar que mais visitantes possam observar o céu através das lentes especiais. Três vezes por semana, os equipamentos estarão à disposição de quem quiser procurar estrelas, planetas e nebulosas. A praça dos telescópios foi inaugurada nesta quarta-feira. Os equipamentos foram instalados em cúpulas e são capazes de localizar automaticamente 64 mil objetos no céu - basta o observador escolher um deles que o telescópio aponta em sua direção imediatamente. As objetivas têm diâmetro entre 20 e 30 centímetros, que permitem visualização com mais nitidez. O diâmetro das cúpulas é de 3,4 metros.Três câmeras fotográficas utilizadas para pesquisas astronômicas podem ser acopladas para retransmitir as imagens captadas.O investimento da Prefeitura para a montagem da praça foi de R$ 570 mil. Graças à aquisição dos telescópios, a observação gratuita do céu, que antes ocorria só às quartas-feiras, foi estendida também para as segundas e quintas-feiras. O horário é de 18h30 às 20h30. Antes de usar os telescópios, os visitantes participam de palestras rápidas em que astrônomos explicam o que eles conseguirão visualizar.Quem quiser observar o céu tem nos dias 25, 26, 27, 28 e 29 de agosto uma boa oportunidade. Na ocasião, Marte vai estar mais próximo da Terra. O dia 8 de novembro também será especial: haverá eclipse total da Lua.Localizado no bairro da Gávea, na zona sul, o Planetário do Rio é considerado o mais avançado do País porque possui o projetor Universarium VIII, em funcionamento há cinco anos. O mesmo equipamento foi comprado pela Prefeitura de São Paulo mas não chegou a ser instalado.

Agencia Estado,

09 de julho de 2003 | 16h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.