Plano de Bush para a Lua entusiasma russos

O plano do presidente dos EUA, George W. Bush, de enviar astronautas à Lua, a Marte e a outros pontos do Sistema Solar foi recebido com entusiasmo pelos profissionais do programa espacial russo, que esperam absorver parte do investimento necessário. A Nasa já enviou à Agência Aeroespacial Russa uma proposta de cooperação para a Lua e Marte, disse o chefe adjunto Nikolai Moiseyev, segundo a agência de notícias ITAR-Tass. Moiseyev não deu detalhes da proposta, mas disse que a Rússia tem muito conhecimento para compartilhar.A Rússia enviou o primeiro satélite e o primeiro astronauta à órbita da Terra, e ainda hoje detém o recorde do maior número de missões tripuladas bem-sucedidas ao espaço. Mas nunca enviou astronautas à Lua, e o programa espacial passou a sofrer com sérias dificuldades após o colapso soviético.A experiência russa no espaço voltou à proeminência, no entanto, com a Estação Espacial Internacional, pela qual os russos vêm se responsabilizando desde que os EUA tiveram de parar de usar a frota de ônibus espaciais, após o desastre da Columbia.

Agencia Estado,

15 de janeiro de 2004 | 15h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.