Polêmicas ambientais em debates ao vivo

Terceiro evento da série Estadão& Cultura reuniu especialistas por 3 dias no auditório da Livraria Cultura da Paulista

, O Estado de S.Paulo

28 Julho 2010 | 00h00

Nove especialistas em meio ambiente, um público ávido por se expressar e três temas: lixo urbano, comportamento verde e o Código Florestal. Esse foi o cenário do ciclo de debates realizados pelo Planeta, entre 14 e 16 de julho, no Auditório Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, região central.

No primeiro dia, o tema era Comportamento verde - a etiqueta do século 21, que foi debatido pela psicóloga e consultora em marketing Beth Furtado, pela arquiteta e ambientalista Marussia Whately e pela analista de tendências Lígia Krás.

No dia seguinte, o jornalista Denis Russo Bugierman, o presidente da Loga, concessionária que cuida de parte do lixo de São Paulo, Luiz Gonzaga Alves Pereira, e o diretor do Departamento de Limpeza Urbana (Limpurb) Sergio Luis Mendonça Alves discutiram o tema Lixo - nova legislação e coleta seletiva.

O último dia de debate foi tenso, já que o tema era Código Florestal - reforma e polêmica. No palco, estavam o diretor da ONG Amigos da Terra Amazônia Brasileira, Roberto Smeraldi, o diretor do Greenpeace, Sergio Leitão, e o relator da Comissão Especial do Código Florestal, deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP).

Assista à íntegra dos debates e veja outras frases de destaque no

www.estadao.com.br/planeta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.