Polícia estoura ponto de venda de animais silvestres

A 1ª Companhia do 3º Batalhão da Polícia Ambiental, sediada em Guarujá, na Baixada Santista (SP), descobriu, nesta segunda-feira, num bar localizado em Monte Cabrão, área continental de Santos, um ponto de venda de animais silvestres.No freezer do estabelecimento, foram encontrados sete tatus abatidos que deveriam ser vendidos aos turistas que freqüentam as marinas do canal de Bertioga.Além dos animais silvestres, a Polícia Ambiental também encontrou diversas gaiolas com aves vivas, que também seriam comercializadas na estrada. Quatro pessoas foram detidas e encaminhadas ao 1º Distrito Policial de Santos para esclarecimento.

Agencia Estado,

29 de abril de 2002 | 21h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.