Reprodução/Parlamento Europeu
Reprodução/Parlamento Europeu

Pontos de SP, do Rio e o Parlamento Europeu terão 'blecaute'

Cerca de 2,4 mil cidades do mundo participarão da Hora do Planeta, no sábado, contra o aquecimento global

da Redação, estadao.com.br, com Efe

27 de março de 2009 | 14h42

O Parlamento Europeu, os pontos turísticos de São Paulo e do Rio, assim como outras 2,4 mil cidades de 80 países do mundo irão apagar suas luzes durante uma hora neste sábado, 27. A ação faz parte da iniciativa ambiental internacional Hora do Planeta 2009, organizada pela WWF.

 

Veja também:

especialEspecial: Quiz: você tem uma vida sustentável? 

especialEspecial: Evolução das emissões de carbono  

especialEspecial: As ações diárias que salvam o planeta 

 

O blecaute mundial, que deve acontecer às 20h30 de Brasília, é uma forma de se solidarizar com a luta contra a mudança climática, afirmou o Parlamente Europeu, em comunicado. O objetivo da iniciativa é mandar uma mensagem aos líderes mundiais que se reunirão em dezembro deste ano em Copenhague para firmar um novo acordo global sobre a mudança climática que substitua o tratado de Kyoto.

 

A campanha mundial começará na Nova Zelândia - devido ao fuso horário - onde todos os geradores a diesel das ilhas Chatham, um pequeno arquipélago na costa leste, serão apagados. O apagão se espalhará pelo mundo até emblemáticos monumentos como a Torre Eiffel, em Paris, e a Acrópoles, em Atenas.

 

No Brasil, que participa do evento pela primeira vez, o Cristo Redentor, será apagado junto com o Pão de Açúcar, o Parque do Flamengo e a orla de Copacabana, que terá a segurança reforçada pelas autoridades. Em São Paulo, a Ponte Estaiada, o Monumento às Bandeiras, o Viaduto do Chá, o Teatro Municipal, o Estádio do Pacaembu, o Obelisco e o Parque do Ibirapuera também serão apagados.

 

No resto do Brasil, cidades como Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, Manaus, Rio Branco, Belém, Taubaté e Osasco também farão parte da ação. Ainda no continente americano, metrópoles como Nova York, Buenos Aires, Toronto, Chicago, Cidade do México e Las Vegas se juntam ao blecaute.

 

A WWF incentiva cidadãos, comércios e autoridades nacionais e locais a apoiar esta ação, que foi realizada pela primeira vez na cidade australiana de Sydney, em 2007. No ano passado, 50 milhões de pessoas participaram e, neste fim de semana, espera-se alcançar 1 bilhão.

Tudo o que sabemos sobre:
WWFaquecimento globalHora do Planeta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.