Primeiro pinheiro clonado no País tem 16 anos

O primeiro pinheiro clonado no Brasil é macho e acaba de atingir sua maturidade reprodutiva. O anúncio foi feito pelo pesquisador Flávio Zanette, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), e revela que o País já vem trabalhando com clonagem há pelo menos 16 anos, segundo a Agência Brasil.Zanette relatou que, em 1988, plantou na Região Metropolitana de Curitiba mudas de araucária clonadas nos laboratórios da UFPR. Segundo o pesquisador, naquela época nem se falava em clonagem no País.Mas um mistério persistiu durante esses 16 anos: o pinheiro seria macho ou fêmea? A resposta veio com a primeira florada, que acabou de ocorrer. O próximo passo das pesquisas é coletar o pólen para fertilizar araucárias clonadas e também as comuns, disse ele.

Agencia Estado,

26 de abril de 2004 | 12h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.