Projetos para mata atlântica ganham R$ 70 milhões

O Dia Nacional da Mata Atlântica foi comemorado, nesta quinta-feira, com a assinatura de contratos de doação de 17,69 milhões de euros (cerca de R$ 70 milhões) pelo Banco Alemão de Crédito para Reconstrução (KfW-Group) a organizações não-governamentais (ONGs) que irão trabalhar na preservação da floresta. A cerimônia foi Palácio do Planalto, com a presença do presidente em exercício, José Alencar."A Mata Atlântica já representou 15% do território nacional e hoje corresponde a coisa parecida com 1% desse território", disse Alencar, ao defender preservação da sua fauna e flora . Hoje, a Mata Atlântica cobre 105 mil hectares, que representa apenas 7% da área original, ressaltou o secretário para Biodiversidade, João Paulo Capobianco.Em seu discurso, a ministra Marina Silva apelou ao Senado que aprove, o quanto antes, o projeto de preservação e utilização sustentável da Mata Atlântica."Ficamos 11 anos esperando este projeto ser aprovado na Câmara, o que aconteceu depois de ele ter sido drasticamente modificado e neste período foram destruídos um milhão de hectares da floresta", disse. "O projeto está há seis meses no Senado e não é possível que vamos ter de esperar outros 11 anos."O contrato de doação do governo alemão foi assinado entre o KfW-Group, o Banco do Brasil e o Ministério do Meio Ambiente, para financiar projetos de conservação e uso sustentável do bioma, elaborados e implementados por organizações não-governamentais.Pela manhã, no Senado, a ministra Marina Silva empossou um Grupo de Trabalho da Mata Atlântica, criado para estudar e propor ações, políticas programas e projetos para o bioma.Na solenidade no Planalto foi anunciada ainda a liberação de US$ 800 mil do Banco Mundial, referente ao termo de Cooperação Técnica com o Organismo para Agricultura e Alimentação das Nações Unidas (FAO). Este projeto tem como objetivo apoiar as ações de planejamento e implementação das políticas do Governo para a Mata Atlântica.

Agencia Estado,

27 de maio de 2004 | 23h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.