Promotora francesa pede dissolução da Cientologia no país

A sede francesa da Igreja e sua livraria são rés em um caso de fraude que começou a ser julgado em maio

Reuters,

15 de junho de 2009 | 16h08

Um promotora francesa recomendou que um tribunal de Paris determine a dissolução do ramo da Igreja da Cientologia na França. Reconhecida como uma religião nos Estados Unidos, onde conta com fiéis como John Travolta e Tom Cruise, a Cientologia não conta com esse tipo de proteção na França, onde já foi acusada  várias vezes de ser um movimento sectário que busca apenas dinheiro.

 

França inicia julgamento da Igreja da Cientologia por fraude

 

A sede francesa da Igreja e sua livraria são rés em um caso de fraude que começou a ser julgado em maio. Resumindo sua opinião sobre o caso, a promotora Maud Coujard pediu que o tribunal emita um veredicto de culpa e dissolva a organização na França.

 

A Igreja da Cientologia nega as acusações e diz que o caso representa uma violação da liberdade religiosa. A decisão final ainda deve demorar meses.

 

O ministério público francês vinha evitando pedir a dissolução da organização. Se o tribunal acatar a sugestão da promotora, a Igreja ainda poderá recorrer, o que suspenderá a execução da sentença.

 

O julgamento focaliza queixas feitas no fim do século passado por dois ex-membros da Igreja, que gastaram grandes somas de dinheiro em cursos e sessões de "purificação".

Tudo o que sabemos sobre:
cientologia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.