Proteína é suspeita de causar doenças cardiovasculares

Pesquisadores norte-americanos estão investigando se a Proteína Reativa C (CRP) pode ser um fator causador de doenças cardiovasculares. Há indícios de que uma alta concentração de CRP seria tão prejudicial como o colesterol.A concentração de CRP é usada como indicador de inflamações no organismo.O primeiro estudo sobre o assunto foi publicado nesta semana pela New England Journal of Medecine e mostra que, em dois grupos de pessoas com doenças cardiovasculares avançadas, foi constatada alta concentração de CRP. Os próximos estudos devem ser feitos com pessoas saudáveis.De qualquer forma, o estudo já permite dizer que inflamações podem prejudicar seriamente o coração e as artérias, além de provocar ataques cardíacos."Temos agora indícios clínicos sólidos de que uma redução da CRP é tão importante quanto uma redução na taxa de colesterol", disse à agência AFP o médico Paul Ridker, do Hospital de Boston em Massachusetts, que dirigiu a pesquisa.

Agencia Estado,

07 de janeiro de 2005 | 13h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.