Protesto contra transgênicos reúne 200 em frente ao Planalto

Cerca de 200 pessoas do movimento "Acampamento Nacional Contra os Transgênicos: Pela Soberania do Brasil e Alimentação Saudável" protestam em frente ao Palácio do Planalto contra a possibilidade de liberação oficial de plantio e comercialização de produtos geneticamente modificados. Alguns dos manifestantes tentaram atravessar a rua que separa a Praça dos Três Poderes do Palácio do Planalto, mas foram contidos por policiais militares.Os manifestantes querem entregar uma carta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante reunião com os ministros da Agricultura, Roberto Rodrigues, do Meio Ambiente, Marina Silva, e da Casa Civil, José Dirceu, do governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto (PMDB), e do senador gaúcho Paulo Paim (PT).Do "Acampamento Nacional contra os Transgênicos" fazem parte o MST, a Via Campesina e o Movimento dos Atingidos por Barragens, entre outros. Os manifestantes estão no camping perto do autódromo Nelson Piquet,, desde o dia 12. Eles pretendem ficar na capital até 17 de outubro para pressionar o governo a não liberar os transgênicos.

Agencia Estado,

19 de setembro de 2003 | 17h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.