Próxima missão tripulada da China partirá em 2005

A próxima missão espacial tripulada da China partirá em 2005 e levará mais de um astronauta, informou o jornal Chengdu Evening News quase três meses depois de o país ter enviado seu primeiro astronauta ao espaço sideral. De acordo com o jornal, editado na província de Sichuan, no oeste do país, a nave espacial Shenzhou 6 passará mais de um dia no espaço.Citando Huang Chunping, diretor-geral do programa que levou a nave Shenzhou 5 com o astronauta Yang Liwei à órbita da Terra em outubro, o diário informou que a Shenzhou 6 partirá no segundo semestre de 2005. A reportagem foi reproduzida pelo site do Diário do Povo - órgão oficial do Partido Comunista chinês -, amplificando ainda mais a notícia.O jornal de Sichuan dedica espaço ao programa espacial chinês porque uma importante companhia aeroespacial está estabelecida em Chengdu e uma base de lançamento de foguetes está situada em seus arredores."O sucesso do vôo da Shenzhou 5 não apenas intensificou o orgulho nacional, mas deu mais confiança para as pesquisas sobre a próxima espaçonave. A Shenzhou 6 levará mais de um astronauta e passará mais de um dia no espaço sideral", informou o Diário do Povo, citando Huang.

Agencia Estado,

09 de janeiro de 2004 | 13h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.