Psiquiatras criticam declarações de Tom Cruise

A Associação de Psiquiatria dos Estados Unidos (APA) classificou como "irresponsáveis" as declarações do ator Tom Cruise, que afirmou que esta área da medicina é uma "pseudociência" e colocou em dúvida o valor dos medicamentos contra a depressão.Steven Sharfstein, presidente da APA, disse em comunicado que "é irresponsável que Cruise aproveite sua publicidade para promover pontos de vista ideológicos e tentar convencer pessoas com problemas mentais a que não busquem a ajuda médica de que precisam".Na semana passada, o ator apareceu numa série de entrevistas à televisão para promover seu mais recente filme, chamado Guerra dos Mundos. Numa das entrevistas, Cruise mostrou-se cético quanto à eficácia da psiquiatria ao explicar as doutrinas da igreja da Cienciologia à qual pertence."Antes de ser um seguidor da Cienciologia, nunca acreditei na psiquiatria. Agora, ao estudar a história da psiquiatria, compreendo mais por que não acreditava na psicologia. Eu sei que a psiquiatria é uma pseudociência", disse - usando duas especialidades distintas, psicologia e psiquiatria, como se fossem uma só.Cruise também criticou a atriz Brooke Shields, que revelou que tinha usado remédios contra a depressão. Além disso, o ator duvidou da eficácia destes medicamentos, afirmando que servem apenas para esconder um problema.A APA, que representa cerca de 36 mil médicos especialistas em problemas mentais, afirmou que durante muitos anos foram feitos estudos sobre os tratamentos psiquiátricos e os remédios para os problemas de natureza mental."Os remédios podem ser parte importante e vital num programa de tratamento integral e individualizado. Como em outras áreas da medicina, os medicamentos são uma forma segura e eficaz de melhorar a qualidade de vida de milhões de americanos que têm problemas de saúde mental", disse a APA.

Agencia Estado,

28 de junho de 2005 | 11h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.