Gedeon Picaso/AFP
Gedeon Picaso/AFP

Queda de meteorito assusta cidade no sul da Argentina

Potência de estrondos, que causaram tremor em edifícios e quase quebraram vidros, fez população pensar que fosse um terremoto em General Roca

O Estado de S.Paulo

22 Julho 2016 | 13h36

GENERAL ROCA - Explosões inesperadas provocaram medo entre os habitantes da cidade de General Roca, no sul da Argentina, até ser revelado que a origem do fenômeno era um meteorito, que se desintegrou antes de atingir o solo.

O incidente aconteceu na tarde de quarta-feira, 20, e por causa da potência dos estrondos, que fizeram vários edifícios tremerem e quase quebraram os vidros, alguns moradores pensaram que fosse um terremoto.

"Tremeu tudo", resumiu o prefeito da cidade, Martín Soria. Nada foi encontrado na região por bombeiros, policiais e funcionários da Defesa Civil que buscavam rastros que explicassem o fenômeno. General Roca está 1.100 quilômetros a sudoeste de Buenos Aires.

Finalmente o mistério foi revelado: o causador dos estrondos havia sido um meteorito que entrou na atmosfera a uma velocidade de 2.400 quilômetros por hora, entre 8 mil e 10 mil metros de altura.

"Surpreendeu porque caiu na atmosfera sobre uma zona habitada. Se caísse no deserto, no mar, na Antártica, não saberíamos", explicou o astrônomo Roberto Figueroa, responsável pelo Observatório Astronômico de Neuquén (perto de General Roca), que revelou o mistério à imprensa local.

O cientista estimou que o objeto tenha tido 12 metros de diâmetro e se dilatado até se romper em três fragmentos. /AFP

Mais conteúdo sobre:
ArgentinaBuenos Aires

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.