Radar descobre asteroide com duas 'luas' perto da Terra

O conjunto é formado por um objeto central de 700 metros de diâmetro e satélites de mais de 50 metros

07 Agosto 2009 | 15h12

Imagens de radar feitas pelo radar Goldstone, na Nasa, revelaram que o asteroide 1994 CC, que chegou a 2,5 milhões de quilômetros da Terra em 10 de junho, é na verdade um sistema triplo, formado por um corpo principal e dois pequenos satélites. O 1994 CC passa a ser o segundo sistema triplo conhecido na vizinhança terrestre.

 

O conjunto é formado por um objeto central de 700 metros de diâmetro. O tamanho das "luas" ainda não está bem definido, mas análises preliminares sugerem que os corpos têm pelo menos 50  metros de diâmetro. 

 

As imagens do radar Goldstone, feitas com mais de uma hora de intervalo, mostram as luas. Nasa

 

Observações de radar feitas a partir do radiotelescópio de Arecibo, em Porto Rico, também detectaram os três objetos, e as observações combinadas de Goldstone e Arecibo estão sendo utilizadas para determinar as propriedades do sistema triplo com mais precisão.

 

A próxima passagem de 1994 CC pela Terra deve ocorrer em 2074, também a uma distância 2,5 milhões de quilômetros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.