Ratos clonados ficam obesos mesmo sem comer muito

Como se não bastasse envelhecerem mais rápido, camundongos clonados também se tornaram obesos mesmo sem comer demais. Os animais parecem normais em todos os aspectos, a não ser por um excesso enorme de gordura corporal, de acordo com pesquisadores da Universidade de Cincinnati, nos EUA. É mais uma indicação de que a clonagem não produz cópias idênticas dos originais, o que deve esquentar o debate sobre a clonagem humana.Os camundongos se alimentaram normalmente, mas ficaram gordos. "Esses animais eram muito ativos", disse Randall Sakai, do centro de pesquisas sobre obesidade da universidade. "Eles não foram mimados; receberam apenas uma alimentação padrão." O trabalho está publicado na revista Nature Medicine.Gado, ovelhas, cabras, porcos, camundongos e um gato foram clonados até agora por células adultas. Muitos dos clones estão se desenvolvendo sem problemas, mas anomalias estão surgindo lentamente.A ovelha Dolly desenvolveu artrite em uma das patas, apesar da idade precoce. No início de fevereiro, pesquisadores japoneses disseram que alguns de seus camundongos clonados morreram de problemas pulmonares e de fígado, também bastante jovens.

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2002 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.