Região Sul ganha guia de ecoturismo

Os estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina ganham, no próximo dia 16, o primeiro guia de ecoturismo e turismo cultural da região Sul do País. A publicação é a quinta da coleção de guias da parceria entre a editora Horizonte Geográfico e a Philips e tem versões em português e inglês.Produzido por 57 profissionais, o livro destaca a diversidade da região, que conta com praias, montanhas, cidades históricas, cachoeiras, cânions, parques, lugares para praticar esportes radicais e infra-estrutura adequada ao ecoturismo. Segundo Peter Milko, diretor de redação da Horizonte Geográfico, ?o embasamento geográfico e histórico que guia proporciona, junto à lista de principais animais e plantas da região, fazem dele também uma publicação muito útil para trabalhos escolares?. O Guia Philips Região Sul conta com um cenário ecológico da região, com destaque para a geologia, o relevo e a natureza do Sul. Embora a região seja conhecida como a terra das araucárias, lá existe ainda uma importante reserva de floresta atlântica (em especial no Paraná), campos e um mini-Pantanal, formado pelo Banhado do Taim. Além disso, o livro conta a rica história da região, a partir dos índios e dos jesuítas, passando pelos açorianos que ocuparam o litoral de Santa Catarina e deram origem a Porto Alegre, os tropeiros que fazem comércio pelo interior, a formação do povo gaúcho nos pampas, as guerras (Farrapos, Paraguai, Cisplatina e Contestado), além das migrações de italianos, alemães, poloneses e ucranianos.Assim como no caso dos outros títulos da coleção, 100% da renda da Philips sobre a publicação será revertida para a produção, publicação e a distribuição da série de folhetos informativos e educativos sobre os Parques Nacionais do Brasil. A série atualmente conta com 17 folhetos diferentes já lançados e distribuídos gratuitamente nos locais abordados.

Agencia Estado,

12 de junho de 2003 | 11h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.