Relatórios de Brasil e China são elogiados na COP-10

A secretária-executiva da Convenção das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP-10), Joke Waller-Hunter, considerou um "fato histórico" a apresentação dos relatórios do Brasil e da China sobre emissões de gases causadores do efeito estufa.Ela parabenizou os dois países, que por muitos anos descumpriram um compromisso internacional de apresentar seus dados, e observou que a entrega dos relatórios é "uma mostra do compromisso das nações" com os esforços do mundo contra os problemas previstos com o aquecimento global.Os relatórios foram apresentados na sexta-feira.No Brasil, em 1994, ano tomado como base para elaborar o relatório, foram emitidos 1,03 bilhão de toneladas de dióxido de carbono e 13,2 milhões de toneladas de gás metano. Em 1990, as emissões de carbono haviam sido de 979 milhões de toneladas. O desmatamento é a principal causa do aumento das emissões.No caso da China, em 1994 foram emitidos 2,6 bilhões de toneladas de dióxido de carbono (aproximadamente a metade das emissões dos Estados Unidos, o maior poluidor), 34,2 milhões de toneladas de metano e 850 mil toneladas de óxido nitroso. leia mais

Agencia Estado,

11 de dezembro de 2004 | 16h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.