Remédios como Tylenol dobram risco de pressão alta em mulheres

As mulheres que ingerem diariamente analgésicos que não contêm aspirina tem maior possibilidade de sofrer de pressão alta, sugerem novos estudos. Enquanto muitos analgésicos foram relacionados anteriormente à pressão alta, o medicamento vendido em muitos países como Tylenol, sem aspirina, era, em geral, considerado sem efeitos colaterais.Muitas pessoas recorrem a este analgésico em substituição a tratamentos de problemas que exigem receita médica, como para o uso do Vioxx, por exemplo.O novo estudo descobriu que as mulheres que tomavam Tylenol ou similares tinham quase o dobro de chances de desenvolver problemas de pressão sanguínea. "Se você está tomando doses elevadas destes medicamentos, informe a seu médico e controle sua pressão", aconselham médicos.Participaram da pesquisa 5.123 mulheres. Nenhuma apresentava quadro de pressão alta antes do início das investigações.

Agencia Estado,

15 de agosto de 2005 | 21h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.