Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Restos de civilização são achados em lago andino

Uma missão com arqueólogos brasileiros, bolivianos e italianos encontrou os supostos restos de uma antiga civilização a dezenas de metros de profundidade no Lago Titicaca, em plena Cordilheira dos Andes. Segundo um relatório apresentado no fim de semana em La Paz, os objetos pertenceriam à civilização Tiwanaku.O grupo fotografou a mais de 70 metros de profundidade uma estátua de ouro, cujo peso é calculado em mais de 30 quilos. Além disso, foram localizadas diversas vasilhas.A civilização Tiwanaku viveu na cordilheira andina por volta de 1.500 a.C., sendo precursora do Império Inca.

Agencia Estado,

23 de agosto de 2004 | 10h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.