Retrospectiva 2011: Rio de 6 mil km é descoberto embaixo do Rio Amazonas

De acordo com pesquisadores do Observatório Nacional (ON), fluxo subterrâneo batizado de Rio Hamza tem 4 mil metros de profundidade

Estadão.com.br,

21 Dezembro 2011 | 13h10

Em 25 de agosto de 2011, pesquisadores do Observatório Nacional (ON) anunciaram que foram encontradas evidências de um rio subterrâneo de 6 mil quilômetros de extensão que corre embaixo do Rio Amazonas, a uma profundidade de 4 mil metros.

De acordo com os cientistas, esses dois cursos d'água têm o mesmo sentido de fluxo - de oeste para leste -, mas se comportam de forma diferente. A descoberta ocorreu graças aos dados de temperatura de 241 poços profundos, que foram feitos pela Petrobras nas décadas de 1970 e 1980 para procurar petróleo na região amazônica.

O rio subterrâneo foi batizado de Rio Hamza, em homenagem ao pesquisador indiano Valiya Hamza, envolvido na pesquisa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.