Rio terá nesta quarta 'maior casamento gay coletivo do mundo'

Evento vai unir 50 casais e é promovido pelo Programa Rio Sem Homofobia, do governo do Estado

Tiago Rogero, Estadão.com.br

22 Junho 2011 | 10h31

RIO - O Rio de Janeiro receberá nesta quarta-feira, 22, o "maior casamento gay coletivo do mundo", como vem sendo descrito o evento que vai unir 50 casais, às 17h, na Central do Brasil, no Centro da cidade, promovido pelo Programa Rio Sem Homofobia, do governo do Estado. Dois terços das uniões estáveis homoafetivas serão celebradas entre mulheres.

 

Segundo o governo, os secretários estaduais de Meio Ambiente, Carlos Minc, e Cultura, Adriana Rattes, serão os padrinhos dos casais, que podem convidar até cinco familiares para a cerimônia. As uniões serão oficializadas pelo ex-desembargador Siro Darlan e registradas no 6º Ofício de Notas no auditório do 7º andar do prédio da Central do Brasil.

 

A cerimônia, segundo o governo, será realizada em comemoração à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu, em 5 de maio, a igualdade de direitos entre uniões homoafetivas e heterossexuais. A ideia é realizar o evento, a partir do segundo semestre, em todas as regiões do Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.