Robô canadense é principal candidato para salvar o Hubble

A Nasa informa que seguem adiante os planos de enviar um robô para resgatar o telescópio espacial Hubble. O principal candidato chama-se Dextre (de ?dextrous?, destro), um equipamento que, embora possuindo dois braços, tem muito pouco a ver com os robôs do cinema. A decisão final sobre o assunto só será tomada dentro de um ano. O resgate do Hubble deve ocorrer dentro de três anos e meio.No entanto, já parece que o robô da Agência Espacial Canadense será capaz de realizar boa parte - se não tudo - da missão de manutenção anteriormente prevista para os astronautas. O Dextre foi projetado originalmente para trabalhar na Estação Espacial Internacional (ISS).Normalmente, astronautas fariam a manutenção do Hubble, e há diversas dificuldades em usar robôs para reparar o telescópio de 14 anos, mas o chefe da Nasa, Sean O?Keefe, descartou o envio de seres humanos ao Hubble, por questões de segurança que emergiram após o desastre do ônibus espacial Columbia.

Agencia Estado,

10 de agosto de 2004 | 17h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.