Nasa
Nasa

Robô Spirit volta a rodar em Marte, 15 dias após pane

A jornada fez o Spirit avançar 1,7 metro em direção a seu destino, 150 metros à frente

da Redação,

24 de abril de 2009 | 19h23

O robô Spirit da Nasa rodou na quinta-feira, 23, pela primeira vez desde 8 de abril, reagindo a comandos enviados por engenheiros que ainda investigam os "ataques de amnésia" e outros sinais de comportamento errático que o equipamento vem manifestando nas últimas semanas.

 

Em Marte, robô da Nasa tem problemas no computador

 

A jornada fez o Spirit avançar 1,7 metro em direção a seu destino, 150 metros à frente. O robô já superou sua expectativa de vida em Marte em mais de 20 vezes.

 

Nesta semana, engenheiros do laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, na Califórnia, consideraram que seria seguro enviar ao Spirit ordens para um deslocamento na quinta-feira. Eles estimaram que, se o robô tivesse outro episódio de amnésia, a reação à ordem seria útil para o diagnóstico do problema.

 

Nas últimas duas semanas, o Spirit falhou, por três vezes, em registrar os dados dos eventos do dia na  memória não-volátil. Essa memória perdura mesmo quando o equipamento está sem energia, ou quando o robô "cochila" para poupar eletricidade.

 

"Esperamos ver mais eventos de amnésia, e queremos descobrir mais sobre eles", disse a chefe da equipe de sequenciamento do robô, Sharon Laubach.

 

A equipe também está investigando outros dois problemas apresentados pelo robô recentemente: ele não respondeu a três sessões consecutivas de comunicação e ficou ligando e desligando seu computador nos dias 11, 12 e 18.

 

O Spirit e seu gêmeo, Opportunity, completaram suas missões originais de três meses em Marte em abril de 2004, e continuaram a fazer pesquisas científicas em pontos opostos do planeta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.