Roedor arredio é filmado pela 1ª vez

Um mamífero ameaçado de extinção, o jerboa de orelhas longas, foi flagrado em vídeo pela primeira vez, por cientistas, no deserto de Gobi, na Mongólia.

BBC Brasil, BBC

10 de dezembro de 2007 | 08h20

Um mamífero ameaçado de extinção, o jerboa de orelhas longas, foi flagrado em vídeo pela primeira vez, por cientistas, no deserto de Gobi, na Mongólia. O minúsculo animal tem hábitos noturnos e pode ser encontrado em desertos na Mongólia e na China.O pesquisador Jonathan Baillie, da Sociedade Zoológica de Londres, e que liderou a expedição que registrou as imagens do jerboa, disse que o vídeo está ajudando os pesquisadores a conhecerem melhor o misterioso animal.A espécie é classificada como ameaçada de extinção pela chamada "lista vermelha" do da União Mundial para Conservação (IUCN, na sigla em inglês).A entidade, criada em 1948, reúne 10 mil cientistas em 147 países e monitora o estado de mais de 41 mil espécies. "Essas criaturas saltam como cangurus - é surpreendente observar. Pequenos pelos em seus pés, quase como botas para neve, permitem que saltem pela areia", explicou Baillie. Segundo ele, o jerboa é um dos animais com as maiores orelhas em relação ao corpo.O vídeo revelou que as criaturas passam o dia em túneis sob a areia e que elas se alimentam principalmente de insetos."O jerboa de orelhas longas é um pouco como o Mickey Mouse do deserto", disse Baillie, que achou o animal "engraçadinho".A expedição forma parte do programa Edge, da Sociedade Zoológica de Londres, que se concentra em esforços para elaborar planos de conservação de animais que estão ameaçados de extinção e têm uma diferenciação evolutiva.O jerboa de orelhas longas está entre as dez espécies que o programa está examinando este ano."Estas criaturas notáveis estão em vias de extinção e nós não sabemos quase nada sobre elas", advertiu Baillie.Ele acrescentou que é importante não deixar de lado os habitats desérticos em conservação. "Todo mundo pensa que o deserto é uma área totalmente desolada, sem biodiversidade, e com freqüência quando planos de conservação são feitos, os desertos são deixados de lado"."Mas existem algumas espécies notáveis no deserto, então nós precisamos realmente começar a prestar atenção neste ambiente."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.