Rússia lança bilionário japonês para Estação Espacial, primeiro turista em 12 anos

Rússia lança bilionário japonês para Estação Espacial, primeiro turista em 12 anos

Yusaku Maezawa e seu assistente Yozo Hirano ficarão doze dias na plataforma orbital e gravarão a experiência para o canal do empresário no YouTube

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de dezembro de 2021 | 05h45
Atualizado 09 de dezembro de 2021 | 14h52

A Rússia lançou o bilionário japonês Yusaku Maezawa e seu assistente Yozo Hirano para a Estação Espacial Internacional (ISS), nesta quarta-feira, 8. É a primeira vez que dois turistas espaciais viajam na mesma espaçonave para a ISS. Esse também o primeiro voo espacial turístico para a plataforma orbital desde 2009 - quando o canadense Guy Laliberté, fundador do Cirque du Soleil, pisou na estação.

A nave Soyuz MS-20 decolou do Cosmódromo de Baikonur, na estepe do Cazaquistão, às 04h38 (horário de Brasília), conforme programado, com os dois tripulantes japoneses e o comandante da espaçonave russa, o cosmonauta Alexandr Misurkin.

Poucos minutos depois, a espaçonave se separou com segurança do foguete porta-aviões e continuou seu voo em direção à plataforma orbital. 

Maezawa e Hirano ficarão doze dias na estação. O assistente do empresário, o trigésimo homem mais rico de seu país, segundo a lista da Forbes, vai filmar a aventura do chefe, que contará suas impressões no espaço em seu canal no YouTube.

A nave também carrega 162 quilos de carga, entre materiais para experimentos, produtos de higiene, rações alimentares e 13 quilos de frutas frescas, além de cartas, presentes de amigos e familiares para os dois cosmonautas que habitam a ISS.

A espaçonave deve acoplar ao módulo Poisk da ISS da Rússia após completar quatro órbitas e seis horas de voo. Duas horas após atracar, os portões serão abertos e os três tripulantes serão recebidos pelos atuais hóspedes da plataforma orbital internacional: os cosmonautas Anton Skaplerov e Piotr Dubrov; os astronautas da Nasa Mark Vande Hei, Raja Chari, Tom Marshburn e Kayla Barron; bem como o astronauta da Agência Espacial Europeia (ESA), Matthias Maurer.

O empresário japonês e seu assistente começaram a treinar para voar no verão. "Estivemos treinando por 100 dias", reconheceu Maezawa em entrevista coletiva na terça-feira, 7, acrescentando que terá "cem tarefas" uma vez na plataforma orbital, cujo cumprimento ele informará ao público.

Quanto à primeira coisa que farão na ISS, os japoneses brincaram: "Ir ao banheiro". “O voo vai ser muito longo e é com certeza a primeira coisa que queremos fazer”, explicou. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.