Satélite entra na órbita errada e é destruído

O maior satélite civil de telecomunicações entrou na órbita errada nesta terça-feira devido a um problema no lançamento, o que causou sua destruição, informou a agência espacial russa.Este foi o maior revés ao programa de lançamento de satélites da Rússia, visto por Moscou como uma potencial galinha dos ovos de ouro para sua indústria espacial em decadência.O fracasso se segue a um acidente ocorrido em 15 de outubro, quando um foguete não tripulado Soyuz-U que levava um outro satélite explodiu meio minuto após o lançamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.