Secretário de SP defende MP para plantio de transgênicos

O secretário de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Antonio Duarte Nogueira Júnior, defendeu hoje que o governo federal autorize a liberação do plantio da soja transgênica por meio de uma medida provisória para que não haja no País "um buraco negro" legal em relação ao cultivo do grão. "O cultivo transgênico é uma realidade e não se pode mais tapar o sol com a peneira; não pode haver um retrocesso já que nos anos anteriores o plantio sempre foi liberado".Nogueira salientou, ainda, que, assim como nos anos passados, os próprios paulistas estarão abertos para o escoamento dos grãos transgênicos e lembrou que a soja geneticamente modificada produzida em outros países como Argentina e Paraguai continuará saindo da América do Sul pelo Porto de Santos. O secretário participa do seminário que marca a inauguração da sede da Láctea Brasil em Ribeirão Preto.

Agencia Estado,

17 de setembro de 2004 | 11h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.