Segunda missão tripulada da China decola com sucesso

Nevava muito nesta quarta-feira, na província de Gansu, quando, à 1 hora GMT (22 horas de terça-feira, em Brasília), a segunda missão chinesa tripulada ao espaço, com os astronautas Fei Junlong e Nie Haisheng, de 40 e 41 anos, ex-pilotos de combate, decolou, na hora prevista. Dez minutos depois da decolagem, ocorreu com sucesso separação do foguete do lançador.O primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, acompanhou a decolagem no Centro de Controle de Jiuquan, na província de Gansu, enquanto o presidente e secretário-geral do Partido Comunista e Chefe da Comissão Militar Central, Hu Jintao, presenciou o lançamento do Centro de Controle de Pequim, com membros do partido e do Exército.Os meios de comunicação oficiais anunciaram que seis equipes de resgate foram mobilizadas para um possível acidente, três em terra e três em oceanos em diversas partes do planeta."Agradecemos todo o apoio e incentivo de nossos dirigentes e faremos todo o possível para que a missão seja um completo sucesso", foram as últimas palavras da dupla de astronautas antes da decolagem.A segunda missão chinesa tripulada ao espaço decolou a apenas três dias do segundo aniversário do lançamento da primeira. A principal diferença entre ambas, além do fato de a de 15 de outubro de 2003 ter tido apenas um tripulante - Yang Liwei -, será a duração.Enquanto Yang, já considerado um herói nacional, permaneceu na Shanzhou V voando ao redor da Terra durante 21 horas, Fei e Nie devem passar cinco dias no espaço.

Agencia Estado,

12 de outubro de 2005 | 00h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.