Seis mil peixes são soltos em represa do Paraíba do Sul

Um grupo de estudantes da rede municipalda cidade de São Luiz do Paraitinga, 171 quilômetros a leste de São Paulo, soltou na manhã desta sexta-feira, no Rio Paraitinga, seis mil unidades de filhotes de peixes piabanha.A soltura foi organizada pela Cesp (Companhia Energética de São Paulo), que desenvolve o programa de povoamento da bacia hidrográfica que forma o reservatório da Usina de Paraibuna.A piabanha foi escolhido por ser o peixe que simboliza a bacia do Paraíba do Sul,chegando a ser uma das espécies mais consumidas na década de 50.Atualmente, a espécie é desenvolvida e reproduzida em larga escala pela Estação de Hidrologia da Cesp em Paraibuna. A reprodução é feita para repovoar os reservatórios da bacia do Rio Paraíba do Sul.Os alevinos levam em média 40 dias para se desenvolver e são soltos quando atingem cerca de 10 centímetros. Além do piabanha, outras espécies de peixes em extinção foram apresentadas às crianças.

Agencia Estado,

14 de fevereiro de 2003 | 19h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.