Sem EUA, países firmam acordo sobre clima pós-2012

A União Européia (UE), o Canadá e os países em desenvolvimento deixaram para trás os Estados Unidos e chegaram nesta sexta-feira a um acordo para definir as medidas a adotar contra a mudança climática após 2012, quando termina a vigência do Protocolo de Kyoto.O acordo alcançado em Montreal, ao fim da 11.ª Conferência da ONUsobre Mudança Climática (COP11), deixa claro que ainda não há negociações sobre estas medidas, mas garante o início de um diálogo com este objetivo, segundo fontes do bloco europeu.Nas últimas horas da COP11 as delegações definiam se o acordo será acompanhado de uma declaração política. Muitos resistem por temer que isso seja interpretado como uma crítica aos EUA e que haja um bloqueio definitivo à participação dos americanos num futuro pacto. Os EUA não aceitam discutir medidas obrigatórias e metas para o combate ao aquecimento global.O pacto firmado entre UE, Canadá e os países em desenvolvimento (G77), que ainda tem de se tornar oficial com a aceitação formal de todas as partes, concentra-se na adoção de oficinas de trabalho para definir passos contra o efeito estufa e as mudanças climáticas.Apesar do cuidado em não fechar as portas aos americanos, nem EUA nem Arábia Saudita mostraram por enquanto interesse em aderir ao acordo. Fontes da UE destacaram inclusive que os EUA não participaram de algumas das reuniões deúltima hora.O acordo estabeleceria que, para 15 de abril do ano que vem, os signatários deveriam apresentar suas propostas sobre como desenvolver as conversas. Também indica que os países que assinarem o acordo não serão obrigados a entabular negociações formais. Em um segundo ponto, ressalta que "não implicará negociações" e deixa que os países do Anexo I se amparem de forma voluntária a limitações de emissões.O texto satisfaz em princípio as organizações ambientalistas, porque também se chegou a um acordo no contexto do Protocolo de Kyoto para o lançamento de negociações que porão em prática o chamado Kyoto 2.  mudanças climáticas

Agencia Estado,

09 de dezembro de 2005 | 15h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.