Semelhança com aves pode permitir determinar sexo dos dinossauros

Um grupo de pesquisadores identificou um possível caminho para revelar o sexo dos fósseis de dinossauros através das semelhanças no processo de postura de ovos dos pássaros, segundo um estudo que a revista Science publicará amanhã, sexta-feira. A descoberta reforça a idéia de uma ligação entre os dinossauros e os pássaros, que compartilhariam semelhanças em seus respectivos processos de postura de ovos.O estudo foi dirigido por Mary H.Schweitzer, do Museu de Ciências Naturais de Raleigh, na Carolina do Norte, junto com outros cientistas da Universidade de Raleigh, e do Museu dos Rockies, em Bozeman, Montana. Para os especialistas, é difícil saber o sexo dos dinossauros a partir dos fósseis porque, com o passar do tempo, o processo de fossilização dos ossos vai eliminando os tecidos que permitiriam identificar o gênero do animal.Os pesquisadores sabem que os pássaros fêmea têm um osso específico entre suas extremidades, conhecido como osso medular, relacionado à postura de ovos, cujos tecidos são ricos em cálcio e contêm pequenos vasos sanguíneos em grandes quantidades, querepresentam uma importante fonte de minerais para os ovos. Os fósseis dos tecidos em torno do osso usados na experiência como parte dessa pesquisa são de um exemplar de "Tiranossauro Rex", conhecido como o rei dos dinossauros.A partir do estudo, os cientistas comprovaram que esses fósseis se pareciam muito com os ossos medulares dos pássaros do gênero feminino. Segundo a pesquisa, esse osso é mais parecido, mas não idêntico, ao das ratitas fêmeas, grupo no qual estão espécies como o avestruz e o emu. São aves que se adaptaram à vida terrestre usando as patas, bem desenvolvidas e fortes, como único instrumento de locomoção, enquanto as asas, pelo contrário, se atrofiaram e não têm capacidade de vôo

Agencia Estado,

02 de junho de 2005 | 17h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.