Servidores do Ibama no Acre fazem greve de 24 horas

Os servidores da Gerência Regional do Ibama no Acre aderiram à paralisação de 24 horas desencadeada pela associação da categoria do Distrito Federal. Eles só retornam ao trabalho na quinta-feira.Segundo Francisco Missias, líder da categoria no Acre, a greve pretende chamar a atenção pela falta de condições de trabalho. ?O Ministério doMeio Ambiente precisa deixar de interferir na execução das políticas ambientais limitando-se a traçar as estratégias?, afirma Missias.Como exemplo desta interferência, Missias cita a maior polêmicaambiental do Brasil neste momento: a transposição do Rio São Francisco.?O Ibama sequer foi chamado a executar o estudo de impacto ambiental. Éuma obra empurrada politicamente?, disse.O gerente do Ibama no Acre, Anselmo Forneck, viajou para Manaus.

Agencia Estado,

19 de outubro de 2005 | 14h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.