Simples exame de urina detecta câncer de bexiga

Um teste simples, capaz de medir a quantidade da enzima telomerase na urina, pode ser usado para detectar câncer de bexiga, afirma um estudo assinado por pesquisadores italianos do Hospital Morgagni-Pierantoni, em Forli. Eles afirmam ter obtido 90% de precisão nos diagnósticos.Num artigo publicado na revista especializada Journal of the American Medical Association, os autores argumentam que o teste deve passar a ser usado com maior freqüência em fumantes do que outras pessoas com maiores chances de contrair a doença.Na Grã-Bretanha, o câncer de bexiga é o quarto tipo de câncer mais comum entre os homens. Mais de 10,7 mil casos são registrados no país anualmente, provocando a morte de 4,9 mil pessoas. Os métodos já existentes para detectar o câncer de bexiga são caros e invasivos ou têm falhas.A equipe italiana estudou 218 homens e 134 mulheres com câncer de bexiga.Eles testaram os níveis de telomerase na urina dos homens. A telomerase está presente em todas as células cancerosas humanas, mas aparece apenas raramente em células saudáveis.O estudo determinou que o teste da enzima na urina tem 90% de precisão ao detectar quem contraiu o câncer, e 88% de precisão no resultados que confirmam que uma pessoa está livre da doença.

Agencia Estado,

26 de outubro de 2005 | 15h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.