Sindicato dos químicos lança bolsa de resíduos

Promover o intercâmbio entre indústrias que produzem algum tipo de resíduo com outras que possam utilizar essa material é o objetivo do site Bolsa de Resíduos (www.bolsaderesiduos.org.br), lançado ontem pelo Sindicato dos Profissionais da Química do Estado de São Paulo. ?Nosso objetivo foi criar um ambiente virtual gratuito, para que indústrias possam oferecer seus resíduos ou procurar por resíduos que possam substituir, com menor custo, suas matérias-primas?, disse Kátia Regina Ferrari, diretora técnica do Sindicato e coordenadora do site.Com o projeto, o Sindicato pretende não só criar oportunidade de negócios, mas também de empregos para seus filiados, através de um cadastro de profissionais que possam atuar como consultores, na busca de soluções adequadas para os problemas ambientais das indústrias. ?Partimos da minha experiência no trabalho de recuperação de resíduos para idealizar um sistema que oferecesse opções de consultoria para gestão, disposição e utilização dos resíduos?, explica Kátia.A Bolsa, que não é restrita a produtos químicos, foi organizada de forma a garantir o sigilo quanto à identidade das indústrias que estão oferecendo os resíduos. Segundo a coordenadora, ?somente as informações pertinentes ao resíduo são disponibilizadas. Havendo interesse sobre um produto específico, o Sindicato fará a intermediação entre as partes. O contato direto só ocorrerá após o consentimento oficial da empresa que gera o resíduo.?A construção do site teve início em dezembro último, com uma carta convite aos associados do Sindicato e indústrias para que participassem, e conta com o apoio do Conselho Regional de Química. Quem entrar, pode se cadastrar e realizar busca por setor industrial.

Agencia Estado,

21 de março de 2002 | 15h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.