Smithsonian inaugura ala sobre evolução humana que custou US$ 21 mi

Ala tem 285 fósseis e artefatos, incluindo o único esqueleto Neandertal dos Estados Unidos

Associated Press

17 Março 2010 | 16h00

Entrada do recém-inaugura Ala da Origem Humana do Museu Smithsonian

 

WASHINGTON - O Museu de História Natural Smithsonian, localizado em Washington, nos EUA, inaugurou nesta quarta-feira, 17, uma ala permanente que exibe a evolução humana no período de 6 milhões de anos.

 

Com um custo aproximado de US$ 21 milhões, o Ala da Origem Humana terá 285 fósseis e artefatos, incluindo o único esqueleto Neandertal dos Estados Unidos. O curador responsável pela nova ala, Rick Potts, diz que a exposição exibe as principais etapas do desenvolvimento do ser humano.

 

Esqueletos humanos de diversos períodos podem ser vistos na nova ala do museu

 

Grande parte do fundo utilizado na construção da nova ala do museu foi doado pelo bilionário David H. Koch, vice-presidente executivo da companhia de energia elétrica Koch Industries Inc.

 

O Museu de História Natural Smithsonian atrai 7,4 milhões de visitantes por ano, o que o faz o mais visitado nos Estados Unidos.

 

Veja também:

linkCrânios de vikings são identificados no Reino Unido

linkArqueólogos descobrem novo lance da Grande Muralha da China  

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.