Sonda envia primeiros detalhes da maior lua de Saturno

Depois de revelar detalhes impressionantes dos anéis de Saturno, a sonda Cassini-Huygens fez no último fim-de-semana suas primeiras imagens da lua Titã, a maior das 31 que orbitam o gigante gasoso. Mas a misteriosa lua, envolta em espessa neblina, ainda não mostrou muita coisa aos cientistas.A sonda euro-americana cruzou a trajetória de Titã no sábado, segundo dia de sua entrada na órbita de Saturno (clique para ver a animação), e acionou seu espectrômetro visual e infravermelho, compondo três imagens distintas (foto). A composição das imagens resultou numa lua que apareceria ao olho humano em tom laranja.A imagem parcial em vermelho (esquerda) mostra grandes áreas escuras, que seriam gelo formado a partir de água e hidrocarbono simples, conforme os cientistas da Nasa e da Agência Espacial Européia (ESA). A imagem em vermelho (direita) indicaria áreas escuras congeladas e áreas mais claras compostas de material rico em hidrocarbono. A imagem em azul realça possíveis nuvens de metano sobre a região do pólo sul de Titã.Titã é o único satélite do Sistema Solar com atmosfera própria, que se acredita ter composição semelhante à da Terra na época em que surgiram as primeiras formas de vida. Além de estudá-la à distância, a missão prevê um contato direto com a superfície do satélite. Em 25 de dezembro, a Huygens vai se despreender da Cassini para pousar em Titã, em 14 de janeiro.clique aqui para ver as imagens feitas pela Cassini-Huygensclique aqui para acompanhar os movimentos da Cassini-Huygens

Agencia Estado,

05 de julho de 2004 | 14h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.