Sonda espacial européia Rosetta aproxima-se de asteróide

Rosetta começou a usar câmeras para localizar visualmente o Steins e determinar sua órbita com mais precisão

da Redação,

05 de agosto de 2008 | 18h41

Chegando ao seu primeiro asteróide alvo, o Steins, a sonda robotizada Rosetta, da Agência Espacial Européia (ESA), começou a usar suas câmeras para localizar visualmente o asteróide e determinar sua órbita com mais precisão.  A Rosetta começou a navegação óptica na segunda-feira, 4, a uma distância de cerca de 24 milhões de quilômetros do Steins. O processo continuará até 4 de setembro, quando a sonda estará a aproximadamente 950 mil quilômetros do asteróide.  "A órbita do Steins, que a Rosetta atingirá no dia 5 de setembro, chegando a uma distancia de 800 quilômetros, só é conhecida por observações feitas da Terra, mas ainda não com a precisão que gostaríamos para um vôo próximo", disse Gerhard Schwehm, gerente da missão da Rosetta. "Nós poderemos usar o primeiro conjunto de dados para determinar a correção da trajetória, planejada para o meio de agosto."  O objetivo da missão é reduzir o erro em nosso conhecimento sobre a órbita do Steins de 100 quilômetros para apenas dois, permitindo uma aproximação ótima entre a Rosetta e o corpo celestial.  Tanto as câmeras quanto o Osiris (Sistema de Imagens Remotas por Infravermelho) serão usados para observar o Steins. "Nas primeiras três semanas da campanha, no entanto, apenas os poderosos olhos do Osiris poderão ver o asteróide", disse Andrea Accomazzo, gerente de operações da Rosetta.  Foto: DivulgaçãoIlustração da sonda Rosetta Nessas primeiras três semanas a Rosetta vai registrar imagens do Steins duas vezes por semana e, a partir de então, com início em 25 de agosto, fará imagens diárias até 4 de setembro.  Essa campanha de navegação óptica segue uma série de verificações dos instrumentos da Rosetta, que aconteceram de 5 de julho até domingo, 3.

Tudo o que sabemos sobre:
ESAespaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.