Sonda japonesa não consegue pousar em asteróide

Uma sonda científica japonesa falhou ao tentar pousar num asteróide, ao apresentar problemas a poucos metros da superfície do corpo celeste, informa a agência espacial japonesa. A sonda Hayabusa, que já havia falhado num ensaio do pouso realizado no início do mês, tinha como missão manter um breve contato físico com o asteróide e voltar para a Terra com o material coletado.Quando a sonda estava a 40 metros do asteróide Itokawa, ela fez pousar um pequeno objeto que funcionaria como alvo do pouso. Em seguida posicionou-se 20 metros acima do asteróide, informa representantes da agência espacial JAXA. Neste momento, os controladores na Terra ficaram sem contato com a sonda por três horas. "Hayabusa chegou extremamente perto, mas não pôde fazer o pouso", disse um porta-voz da JAXA, Toshihisa Horiguchi, acrescentando que a causa da falha ainda é desconhecida. O problema ativou o controle automático da sonda, que faz o aparelho gravar todos os dados disponíveis sobre si mesmo e enviá-los para a Terra, onde serão analisados.

Agencia Estado,

20 de novembro de 2005 | 15h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.