Sonda mostra composição de anéis de Saturno

Em azul-turquesa, gelo; em vermelho, alguma ?sujeira? formada por outras partículas, possivelmente menores do que as partículas de gelo. Assim pode ser definida a composição básica dos anéis A, B e C de Saturno, segundo imagens inéditas feitas em ultravioleta pela sonda Cassini, que está na órbita daquele planeta desde o dia 1.º de julho.As imagens foram divulgadas por cientistas da Universidade do Colorado, uma das diversas instituições de 17 países que participam da missão Cassini-Huygens, e vão permitir estudos mais aprofundados sobre a origem dos anéis ? cujos nomes representam a ordem em que foram descobertos, de A até E. No anel A, a conhecida faixa de Encke aparece como uma faixa vermelha estreita perto da borda externa, revelando sua composição de partículas menos densas.São duas fotos produzidas por um equipamento de US$ 12,5 milhões, chamado Espectrógrafo Ultravioleta, que permitem realçar detalhes em cores que o olho humano não vê na observação ao natural. A aplicação de cores foi feita pela equipe liderada por Joshua Colwell, da Universidade do Colorado em Boulder, segundo a agência AP.A sonda euro-americana Cassini-Huygens passou pelos anéis logo ao entrar na órbita do planeta e, nos últimos dias, está se distanciando. A órbita elíptica impulsionará a sonda a uma distância de cerca de 9 milhões de km de Saturno para, no início de setembro, levá-la de volta a cerca de 500 mil km do gigante de gás, segundo a Agência Espacial Européia (ESA).A borda externa dos anéis fica a 483 mil km da superfície do planeta. O mais próximo é o anel D, cuja borda interna fica a 67 mil km de Saturno, seguido, pela ordem, pelos anéis C, B, A, F, G e E. clique aqui para ver as imagens feitas pela Cassini-Huygens clique aqui para acompanhar os movimentos da Cassini-Huygens

Agencia Estado,

08 de julho de 2004 | 15h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.