Sonda pretende explorar cratera 20 vezes maior em Marte

Para chegar à Endeavour, Opportunity precisa rodar cerca de 11km, distância total que já percorreu no planeta

da Redação,

22 de setembro de 2008 | 18h18

A sonda Opportunity da Nasa pretende explorar uma cratera de Marte 20 vezes maior que aquela em que permaneceu nos últimos dois anos.  Para chegar à cratera que a equipe da sonda chama de Endeavour, Opportunity precisa rodar cerca de 11 quilômetros, igualando a distancia total que percorreu desde que chegou ao planeta, em 2004.  A sonda saiu da cratera Victoria no início desse mês.  "Podemos não conseguir chegar lá, mas é cientificamente a direção certa para irmos", disse Steve Squyres da Universidade de Cornell. "Essa cratera é imensamente maior que qualquer coisa que já tenhamos visto antes." "Adoraria conhecer a vista do topo", disse. "Mas mesmo que nunca cheguemos lá, ao nos movermos para o sul esperamos estar nos dirigindo para camadas cada vez mais novas de rocha na superfície. Também, há grandes crateras ao sul que pensamos ser fontes de pedras que queremos examinar na planície." Opportunity vai ter que se apressar para chegar lá. A equipe da sonda estima que ela deva ter que viajar 100 metros a cada dia. Mesmo a essa velocidade, a viagem demorará dois anos.  "Esse é um objetivo mais ousado e agressivo que os que tínhamos antes", disse John Callas, gerente do projeto no Jet Propulsion Laboratory. "É muito animador. É uma nova ciência. É o próximo grande desafio para esses exploradores robóticos.

Tudo o que sabemos sobre:
MarteNasaciência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.