Sonda 'tocou e provou' água em Marte, diz Nasa

Cientistas da Nasa disseram naquinta-feira ter provas definitivas de que existe água emMarte, depois de novos testes feitos com o gelo achado em junhopela sonda Phoenix Mars Lander. "Temos água", anunciou William Boynton, cientista-chefe doinstrumento chamado "Analisador Termal e Gás-Evoluído" daPhoenix. "Vimos sinais deste gelo de água antes em observações dasonda orbital Mars Odyssey e em pedaços que estavamdesaparecendo e foram observados pela Phoenix no mês passado,mas esta é a primeira vez que a água marciana foi tocada eprovada", disse ele, referindo-se aos instrumentos da sonda. A Nasa também anunciou na quinta-feira a prorrogação damissão Phoenix em cinco semanas, já que sua tarefa deixou deser apenas procurar água para também explorar condições para umdia ter existido vida ali. "Estamos estendendo a missão até 30 de setembro", disseMichael Meyer, cientista-chefe para o programa de exploração deMarte pela Nasa. A prorrogação vai acrescentar cerca de 2 milhões de dólaresa um orçamento de 420 milhões. A sonda pousou em Marte em 25 demaio e deveria funcionar só durante três meses. A Phoenix aterrissou sobre uma placa de gelo, e em junhofoi possível observar em fotos o derretimento de algunspedaços. Na quarta-feira, um braço mecânico da sonda pegou umaamostra de solo e o entregou ao instrumento que identifica osvapores surgidos sob aquecimento. Com os novos prazos, os cientistas pretendem escavar duastrincheiras adicionais na sua busca por condições de vida,mesmo que microbiana. Em junho, os cientistas já haviam anunciado que o solomarciano é mais alcalino do que se previa e continha traços demagnésio, sódio, potássio e outros minerais. Eles consideram adescoberta como "um enorme passo adiante".

JILL SERJEANT, REUTERS

31 de julho de 2008 | 18h36

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIAMARTEAGUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.