SP vai coletar e reciclar CFC de refrigeradores

O Estado de São Paulo terá uma central regeneradora do gás clorofluorcarboneto (CFC) e 23 centros de coleta em várias cidades, que vão receber geladeiras, refrigeradores industriais e condicionadores de ar para extração do gás sem risco de vazamento para a atmosfera.Segundo o Ministério do Meio Ambiente, encarregado do projeto, duas mil máquinas extratoras de CFC vão ser colocadas em funcionamento do Estado a partir deste ano.A iniciativa é parte do Plano Nacional de Eliminação de CFCs, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em parceria com o ministério. Os CFCs são causadores do aumento do buraco na camada de ozônio e há uma determinação de eliminar completamente seu uso.Segundo o MMA, há hoje no Brasil cerca de 36 milhões de refrigeradores utilizando CFCs. As centrais regeneradoras vão permitir que os donos destes aparelhos reutilizem o gás até que possam trocar seus refrigeradores por outros que não usem CFC.A partir de 2007 o Brasil deixará de importar CFCs novos, restando aos donos destes aparelhos somente a reutilização do gás ou a troca do aparelho. De qualquer forma, diz a Agência Brasil, o gás reciclado fica em torno de R$ 24 o quilo, enquanto o novo custa R$ 50.Depois de São Paulo, outros Estados começarão a receber centrais de coleta e reciclagem de CFC, segundo o ministério.

Agencia Estado,

11 de abril de 2005 | 10h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.