SpaceShipOne vai a 112 km de altitude e ganha prêmio

O SpaceShipOne atingiu a marca de 112.166 metros de altitude nesta segunda-feira e venceu o prêmio Ansari X, no valor de US$ 10 milhões. O anúncio foi feito por volta das 13h00 de Brasília, quando se confirmou que a aeronave atingiu a altitude recorde, no limiar entre a atmosfera terrestre e o espaço.O prêmio é dado pela família Ansari, de Dallas, e era destinado ao primeiro veículo com capacidade para para três pessoas (em peso) que alcançasse 100 km de altitude duas vezes em duas semanas. O primeiro vôo do SpaceShipOne foi na quarta-feira passada, quando ele atingiu 102.870 metros.Este segundo vôo também durou 90 minutos, como o primeiro, mas transcorreu sem imprevistos. Desta vez o piloto era Brian Binnie de 51 anos. No vôo anterior, a aeronave foi pilotada pelo astronauta Mike Melvill e deu um susto ao iniciar a ascenção, rodopiando por 20 vezes.Binnie não teve problemas. O avião White Knight conduziu o SpaceShipOne até uma altitude de 14 km, quando liberou a aeronave e os foguetes foram acionados. Por 90 segundos, a uma velocidade três vezes superior à do som, o SpaceShipOne subiu até atingir a altitude recorde.A aterrissagem ocorreu pouco antes das 13h00 de Brasília, no aeroporto do Deserto de Mojave, mesmo local da decolagem nos dois vôos. Outras 26 equipes de sete países disputaram o prêmio, destinado a estimular as pesquisas aerospaciais. Nenhuma conseguiu atingir a altitude de 100 km.Em junho passado, o SpaceShipOne se tornou o primeiro veículo privado e tripulado a chegar ao espaço. A nave foi planejada por Burt Rutan e construída com uma contribuição de mais de US$ 20 milhões do co-fundador da Microsoft, Paul Allen.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2004 | 13h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.