Spirit tem dificuldades em descer do balão

Os esforços da Nasa para abrir caminho para que o robô Spirit passe a percorrer a paisagem marciana falharam, e os engenheiros agora consideram rotas alternativas para fazer a sonda de seis rodas descer de seu veículo de desembarque. A Nasa tentará recolher os balões que serviram de pára-choques para o Spirit durante a descida mas que agora, esvaziados, bloqueiam a rampa que o robô deveria usar para chegar ao solo marciano. Se a tentativa der certo, o Spirit só conseguirá tocar as rodas em Marte na próxima quarta-feira.Um atraso ainda maior é possível, se a Nasa optar por fazer o robô descer uma rampa alternativa. Mesmo ainda empoleirado no veículo de descida, o Spirit já começou a trabalhar, fazendo fotos de um panorama completo de seus arredores, que deverão ser enviadas à Terra nos próximos dias.Análises iniciais das primeiras fotos sugerem que o local de pouso, dentro da cratera Gustav, não é o leito claro e limpo de um lago seco, como os cientistas imaginavam. Isso poderá tornar a missão geológica do Spirit, de determinar se Marte já teve água no passado, mais difícil.

Agencia Estado,

08 de janeiro de 2004 | 18h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.