Swift verá história do universo em explosões de raios gama

A Nasa lançará nesta sexta-feira um observatório espacial para estudo de explosões de raios gama, fenômenos que são considerados sinais do nascimento de buracos negros. O Observatório Swift tem um telescópio capaz de detectar estas explosões a grande distância, e os equipamentos vão registrar todos os dados sobre as ocorrências.De altíssima potência, estas explosões podem mostrar pistas sobre a história da formação do universo. Observando fenômenos distantes - e antigos -, o Swift poderia registrar o surgimento de estrelas logo após o Big-Bang."Acreditamos que o Swift pode observar as explosões de raios gama através do tempo, até as primeiras estrelas que se formaram em seguida ao Big-Bang", disse o astrônomo Ed Fenimore, da equipe da Nasa que coordena o projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.