Tanque da Shell vaza diesel e contamina água em Itu

O vazamento de 8 mil litros de óleo diesel de um tanque instalado e operado pela Shell no bairro Rancho Grande, na área urbana de Itu, contaminou mananciais e pode causar a suspensão no abastecimento de água de parte da cidade. O tanque faz parte de um conjunto de três unidades utilizadas para abastecer a frota de ônibus da Viação Itu, que opera o serviço de transporte coletivo na cidade.Por uma falha de operação, o óleo ficou vazando toda a noite e parte da manhã. Os funcionários limitaram-se a lavar a área atingida com caminhões tanques. Um morador comunicou o acidente ao departamento municipal do Meio Ambiente depois de ter notado a morte de peixes em um lago de sua propriedade.Segundo o diretor do departamento biólogo Leziro Marques Silva, a ocorrência é uma das mais graves já registradas na região. Além do cheiro de óleo que impregna o bairro onde moram mais de 20 mil pessoas, o combustível infiltrou-se no subsolo atingindo o lençol freático. Vários afluentes do ribeirão Braiaia, um dos principais mananciais do sistema de abastecimento de Itu, apresentavam manchas e cheiro de óleo. Ele informou do acidente o Ministério Público e a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb). Técnicos do órgão começaram a monitorar as condições da água no início da noite. A Cetesb interditou os tanques, pois havia riscos de vazamento nas outras duas unidades.

Agencia Estado,

13 de junho de 2002 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.