Tartaruga rara é encontrada morta em rede de pesca no Rio

Uma tartaruga de pente, espécie rara, foi encontrada morta por bombeiros, presa nas redes de pescadores, no Caju, zona portuária, perto da ponte Rio-Niterói. O animal media cerca de 80 centímetros e pesava mais de 50 quilos, informou o coronel Marcos Silva, comandante do Grupamento Marítimo do bombeiros (G-Mar). Foi ele quem identificou a espécie. "Era uma tartaruga jovem. Muitas morrem nessas redes", observou o coronel. A Eretmochelys imbricata também é conhecida como tartaruga verdadeira ou legítima e recebeu o nome de tartaruga de pente pois seu casco era muito usado para a confecção de pentes, assim como de armações de óculos. A caça indiscriminada levou a espécie a ser classificada pelo projeto de preservação Tamar como uma das mais ameaçadas de extinção.

Agencia Estado,

30 de maio de 2003 | 19h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.