Telescópio revela que Via-Láctea possui dois braços espirais

Até agora, era impossível confirmar a teoria dos quatro braços espirais devido à posição da Terra

Efe

03 de junho de 2008 | 21h21

A Via-Láctea, galáxia que abriga planeta Terra, possui dois braços espirais e não quatro, como achavam até agora os astrônomos, segundo revelam as imagens captadas pelo telescópio espacial Spitzer da Nasa. Foto: Efe/Nasa Imagem da Via Láctea obtida com o telescópio Spitzer Até então, era impossível confirmar a teoria dos quatro braços espirais devido à posição da Terra. No entanto, o Spitzer proporcionou uma nova base para reconsiderar toda a estrutura da Via-Láctea, segundo Robert Benjamin, astrônomo da Universidade de Wisconsin, durante uma entrevista coletiva em Saint Louis, Missouri. "Agora prosseguiremos corrigindo nosso quadro (galáctico) da mesma forma como os primeiros exploradores que navegavam pelo mundo corrigiam seus mapas", afirmou em um relatório apresentado para a Sociedade Astronômica dos Estados Unidos. Desde 1950, os astrônomos contavam com modelos baseados em observações dos gases cósmicos da galáxia, que sugeriam uma estrutura em espiral com quatro braços, formados pelas estrelas, chamados Norma, Scutum-Centaurus, Sagitário e Perseu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.