Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Tratamento faz perder mais de dois quilos por mês

Cientistas britânicos disseram nesta segunda-feira terem desenvolvido um novo tratamento que poderá resolver o problema da obesidade. O tratamento é à base de uma injeção com um hormônio chamado oxyntomodulina, que dá a sensação ao paciente de estar com o estômago cheio. O estudo é desenvolvido por pesquisadores do Imperial College de Londres."A descoberta de que a oxyntomodulina pode ser um redutor efetivo do peso pode ser um importante passo para se conter o aumento dos níveis de obesidade na sociedade", disse Steve Bloom, líder da equipe de pesquisadores.26 voluntários receberam as injeções durante quatro semanas. Elas eram aplicadas três vezes ao dia, cerca de meia hora antes das refeições. O resultado foi a perda de 2,3 quilos por paciente, em média. Os voluntários não apresentaram contra-indicações no tratamento.O professor Bloom afirmou serem necessários mais estudos para que se conclua a pesquisa, mas também afirmou que já tem uma empresa interessada em desenvolver o produto em escala industrial. Ele acredita que o tratamento possa estar disponível à sociedade em cerca de cinco anos.A preocupação maior do grupo de pesquisadores neste primeiro momento é conter o uso do tratamento por anoréxicos e compulsivos para causas que não necessitam da intervenção. Para tanto, acredita que o remédio deva ser prescrito para casos específicos de obesidade.Mais de um bilhão de pessoas adultas sobre com o excesso de peso no mundo. Destes, 300 milhões são considerados casos de obesidade - número que pode ter um aumento de 11% de 20 anos.

Agencia Estado,

25 de julho de 2005 | 23h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.